Buscar
  • Daniel Posto214

Existem cidades no Distrito Federal? Descubra aqui!

Apesar de ser uma das 27 unidades federativas do Brasil, o Distrito Federal tem características incomuns. É nele que está localizada a capital Federal do país, Brasília — que, inclusive, é o único município do local. Ao contrário dos estados brasileiros, as cidades do Distrito Federal são classificadas como regiões administrativas chamadas de cidades-satélites.

Cada uma dessas localidades têm um administrador, o que lhes garante certa autonomia. Eles são encarregados de coordenar e administrar os serviços essenciais e os interesses locais das populações. Continue a leitura e conheça um pouco mais sobre essas regiões!


Santa Maria

Santa Maria tem esse nome devido ao rio que corta a cidade. No início, era um núcleo rural da Região Administrativa do Gama. A região está localizada a 26 km de Brasília e é resultado de um programa realizado pelo governo do Distrito Federal, que distribuiu lotes para famílias locais.

A localidade abrange as áreas de Saia Velha, Marinha e o Polo JK. Privilegiada pelo rico patrimônio ambiental, Santa Maria tem rios alagados, nascentes de águas cristalinas e quedas d’água.

Brasília

Brasília é uma das cidades do Distrito Federal mais visitadas. Cheia de particularidades, suas ruas não têm nomes e a localização é feita por letras e números. Além disso, os retornos em formato de trevo, chamados tesourinhas, acabam com a necessidade de semáforos e deixam os trajetos mais ágeis.

O funcionalismo público é a principal atividade econômica da região. Os altos salários e a estabilidade oferecidos pelo Estado contribuem para a riqueza produzida no DF e para manter o Produto Interno Bruto (PIB) elevado e a renda per capita aquecida.

Águas Claras

Águas Claras é uma das mais recentes do Distrito Federal, pois começou a ser construída na década de 90. Apesar disso, apresenta crescimento populacional acelerado, com grande grupo de jovens famílias.

O local apresenta um verdejante parque ecológico, dotado de razoável estrutura e foi inaugurado em 2000 por um projeto de lei do DF. Além de administração e local para eventos, tem playground, quadras esportivas e trilhas para caminhada e ciclismo.

Brazlândia

Brazlândia nasceu antes de Brasília, em 1962, e atualmente revela forte influência da capital. O rápido desenvolvimento populacional fez surgir novos setores residenciais, sem que as características de cidade do interior se perdessem.

Hoje, Brazlândia se destaca por sua forte tendência agrícola. Chácaras e fazendas constituem um verdadeiro cinturão verde em torno da cidade e tornam a região a principal fornecedora dos hortigranjeiros do DF.

Taguatinga

Se fosse considerada um município independente, Taguatinga seria um dos que mais cresceram em todo o país nas últimas décadas. A região administrativa tem indústrias modernas e comércio forte e variado.

A vida noturna, com bares e restaurantes, é uma das mais badaladas da região. A cultura local também tem sido incentivada e diversos artistas apresentam-se nas feiras e eventos que acontecem pela cidade.

Na prática, todas as regiões administrativas que apresentamos aqui funcionam como cidades do Distrito Federal, mas sem vereadores ou prefeitos. No caso, elas apresentam secretários e administradores regionais indicados pelo Governador do DF. Por isso, a federação tem características tanto de Estado como de Município.

Gostou de saber mais sobre o assunto? Então, aproveite para conhecer o motivo para Brasília ter formato de avião!

5 visualizações0 comentário
Wzap 2.png